Páginas

EBD da ADPAR

EBD da ADPAR

Seguidores

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Lição 02 - A Prosperidade no Antigo Testamento - Sulamita Macedo (04)

Professoras e professores, para esta lição, apresento as seguintes sugestões:
- Iniciem a aula, cumprimentando os alunos, perguntem como passaram a semana. Escutem atentamente as falas dos alunos e observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração. Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email.
Compreendem a importância desse ato?

- Falem do tema da aula: A Prosperidade no Antigo Testamento. 

- Iniciem o estudo da lição, utilizando a dinâmica “Quente, Morno ou Frio?”

- Trabalhem o item I da lição.

- Após o estudo do item II, leiam o texto “O Homem Rico e o Caboclo”, que proporcionará a reflexão sobre:
 A importância do trabalho para a aquisição de bens materiais.
 A falsa ideia da prosperidade associada a bens materiais.
A ganância para possuir cada vez mais bens materiais.

- Trabalhem o item III.

Tenham uma excelente e produtiva aula!

Atenção,  professores da lição de Juvenis! Vocês já podem encontrar as orientações pedagógicas para a lição 01, no blog Atitude de Aprendiz.

Os professores do Discipulado poderão encontrar também orientações pedagógicas no blog Atitude de Aprendiz. Procurem no marcador: Subsídio Pedagógico Discipulado I e II.

Dinâmica: Quente, Morno ou Frio?


Objetivos: 
Avaliar o conhecimento dos alunos sobre o tema da aula.
Promover a participação dos alunos na aula. 

Material: 10 afirmações sobre o tema da aula, com a indicação QUENTE(correta), MORNO(incompleta) OU FRIO(errada).
Exemplos de afirmações:
A prosperidade está relacionada tão somente ao aspecto financeiro, riqueza e bens(ERRADA – FRIO).
 A prosperidade no Antigo Testamento é resultado do favor divino (INCOMPLETA – MORNO).
A prosperidade no Antigo Testamento é resultado do trabalho, obediência a Deus e soberania divina(CORRETA – QUENTE).

Procedimento:
- Dividam a turma em dois grupos.
- Entreguem 05 afirmações para o grupo 01 e 05 para o grupo 02.
- O grupo 01 deverá ler uma afirmação e o grupo 02 deverá responder se está correta, incompleta ou errada.
Se estiver CORRETA, o grupo 01 dirá QUENTE.
Se estiver INCOMPLETA, o grupo 01 dirá MORNO.
Se estiver ERRADA, o grupo 02 dirá FRIO.
- Este procedimento deverá ser alternado, ora o grupo 01, ora o grupo 02, até as afirmações terminarem.
- Vocês devem observar as respostas, corrigir se necessário e acrescentar informações contidas na lição ou em outras fontes confiáveis.
Por Sulamita Macedo.

Texto de Reflexão: O Homem Rico e o Caboclo.


Era uma vez um homem muito rico que resolveu viajar e então pegou seu iate e saiu pelo mundo. Certo dia, chegou a uma ilha maravilhosa, cheia de riachos, de água cristalina e cachoeiras. Tinha também muitos tipos de árvores frutíferas e muito peixe. O homem rico começou a andar pela ilha e encontrou um caboclo deitado numa rede, olhando para aquele mar muito azul. Chegou bem perto do caboclo e puxou conversa:
- Muito bonito tudo por aqui...
- É... disse o caboclo, sem tirar os olhos daquele mar.
- Tem muito peixe nesse mar?
- É só jogar a rede e pega quantos quiser.
- Por que você não pesca bastante?
- Para quê?
- Ora, você pega um montão de peixes e vende.
- Para quê?
- Com o dinheiro destes peixes, você compra uma canoa maior, vai mais no fundo e pega mais peixe ainda.
- Para quê?
- Com o dinheiro você compra mais um barco, pega mais peixe e ganha mais dinheiro.
- Para quê?
- Você vai juntando, cada vez mais dinheiro, compra cada vez mais barcos, até chegar um dia em que você terá uma indústria de pesca.
- Para quê?
- Ora, meu homem, você então será um homem poderoso, um homem rico, terá tudo que quiser, tudo o que sonhar, poderá comprar um iate como o meu, poderá comprar uma ilha como esta e então ficar o resto da vida descansando, sem preocupações...
- E o que é que eu estou fazendo agora?
Autoria desconhecida.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.